//Procissão das Luzes fez o traslado da Imagem Peregrina neste sábado

Procissão das Luzes fez o traslado da Imagem Peregrina neste sábado

O cabeleireiro Igor Costa, 26 anos, sempre teve um sonho de possuir seu próprio salão de beleza. Há três anos desempregado, ele pediu a ajuda de Nossa Senhora de Nazaré e conseguiu realizar seu sonho. Para agradecer a ajuda, ele caminhou de joelhos os 3,7 quilômetros de procissão na segunda maior romaria do Círio de Nossa Senhora de Nazaré, a Trasladação. Ele é parte dos aproximadamente 1,5 milhão de romeiros que acompanharam a procissão durante o sábado (13).

A Trasladação, ou procissão de luz, leva a Imagem peregrina do Colégio Gentil Bittencourt até a Catedral da Sé para a saída do Círio. Com percurso de 3,670 Km, a Trasladação faz o sentido inverso a procissão do domingo.

Diferente do que ocorre no Círio, o único carro que sai na Trasladação é a Berlinda – que conduz a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré. Este ano a decoração do andor ficou a cargo de Paulo Morelli.

“ Estava perdido mas eu me ajoelhei diante de Nossa Senhora. Graças a ela eu consegui construir meu salão e bem ali, atrás da Basílica Santuário, por isso vale a pena todo o sacrifício”, ele comenta que não tem duvida que foi a auxilio da Santa que fez com que ele realizasse seus sonho. “A prova concreta disso foi que, com três dias de aberto, recebi a visita da imagem peregrina de Nossa Senhora sem ter combinado nada com ninguém”, ressaltou.

Além dos promesseiros, a imagem de Nossa Senhora recebeu inúmeras homenagens durante o trajeto da procissão.   Entre elas  a homenagem do Banco do Estado do Pará (Banpara) com a cantora Jeanne Darwich sob uma chuva de papel picado e serpentina. Um coral da Fundação Cultural do Pará com 150 coralistas se apresentou na Trasladação na arquibancada da Presidente Vargas, esquina com a Osvaldo Cruz.

A Procuradora Geral de Justiça, Raquel Dodge, veio a Belém para assistir e conhecer o Círio de Nazaré. “É uma expressão harmônica e pacífica do povo que tem o único objetivo de pedir paz, amor e felicidade para suas famílias. É uma expressão maravilhosa. Eu estou absolutamente encantada”, destacou.

Geração de Renda – O vendedor Márcio dos Anjos, 45 anos, há 30 anos acompanha todos os Círios no Estado comercializando suas fitas, camisetas e adereços religiosos, mas o Círio de Nossa Senhora de Nazaré é o momento mais esperado do ano. “O primeiro Círio acontece em agosto em São Domingos do Capim, é quando preparo meu material. Mas o momento mais esperado é o Círio de Nossa Senhora de Nazaré, do qual eu tiro minha maior renda. Com meu trabalho eu criei três filhos, um deles cresceu e trabalha comigo hoje”, comentou.

A estimativa do número de turistas que estão em Belém durante o Círio deste ano é de 80 mil, um aumento de 2,6% em relação ao número de turistas que estiveram em 2017, quando foram registradas 78,4 mil pessoas.

A previsão é de que o gasto médio dos turistas seja de aproximadamente 30,4 milhões de dólares. Esse valor representa um crescimento de aproximadamente 3% em relação ao total deixado por eles em 2017.

Por Márcio Flexa

Créditos das Imagens:
– Sidney Oliveira / Agência Pará
– Rodolfo Oliveira / Agência Pará
– Marcelo Lelis / Agência Pará